A importância da cultura de projetos para escalar serviços digitais

Spread the love

Os produtores desenvolvem escopos mais pontuais e, consequentemente, mais especializados, como por exemplo, desenvolvimento de sites, textos para blogs, artes para mídias sociais, enquanto que a prestação de serviço voltada à estratégia estão voltadas em planejamento de mídia, inteligência, acompanhamento de resultados.

De modo geral, estes últimos estão mais envolvidos em relacionamento mais próximo com os clientes contratantes, e como consequência, possuem mais responsabilidade com resultados a se alcançar, o que requer mais envolvimento não só com o cliente, mas também com os cenários internos e externos que, no final das contas, influenciam resultados.

Dessa forma, ações de monitoramento e coleta de dados para tabulação e análises são atividades recorrentes, tanto de um formato de prestação de serviço, quanto de outro.

Independente do posicionamento e especialidades das agências e ou freelancers envolvidos em serviços digitais, há de se pensar em uma cultura de gestão de clientes e projetos.

Isso porque, além da necessidade do tratamento de lead e acompanhamento do funil de vendas, também conhecido como pipilene de vendas, ainda é preciso buscar escala nos processos.

Como benefícios, a escala permite mais velocidade na tratativa do lead até o momento em que este se torna cliente e recebe os serviços contratados.

Isso posto, como é possível então pensar em um processo de escala e padrão de qualidade de serviços?

Primeiro, é preciso desenhar os escopos dos serviços que se propõe a fazer;

Depois, cada grupo de serviço deve estar devidamente catalogado, com um método de precificação adaptável, já que cada cliente tem necessidade específica;

Por fim, as etapas de venda devem estar alinhadas com todos os envolvidos neste processo.

E depois que o lead se torna cliente? Como fazer para entregar os serviços contratados dentro de um padrão de qualidade e de forma rápida.

Vale lembrar que um dos ativos que todo prestador de serviço precisa estar atento é o tempo. Claro, porque se a agência ou freela alcançar a uma metodologia de entrega rápida, mais clientes poderão ser aceitos e, como consequência disto, a escala

Então, além do desenho claro e compartilhado do processo de venda, é necessário manter um catálogo de etapas de cada tipo de serviço já previamente elaborado.

Apesar da peculiaridade de cada cliente, serviços digitais possuem processos repetitivos que podem ser rapidamente adaptados, destaque que as fases já estejam documentadas e, claramente associadas ao time de profissionais envolvidos.

É muito comum que apenas um tipo de serviço tenha de ser realizado por pessoas e profissionais distintos, como por exemplo um desenvolvimento de web site ou landing page.

Para entregar um serviço dessa categoria, é preciso fazer o mapeamento estratégico, elaborar a arquitetura da informação, pensar no melhor layout, cuidar da parte de tecnologia para que um determinado site tenha performance, desenvolver o código, hospedar e eventualmente, ainda fazer alterações.

Como pode-se imaginar, esse processo envolve pessoas com capacidades distintas e, a agência ou freelancer precisa saber integrar o serviço à equipe, obedecendo uma ordem cronológica compostas por fases.

É dessa forma que a cultura de projetos vem para apoiar o avanço e crescimento dos prestadores de serviços.

No entanto, não é possível pensar em uma cultura de gestão de projetos e clientes, sem o apoio de uma tecnologia específica.

É justamente nesse ponto que o Perfex CRM torna-se a solução mais adequada para organizar tudo isso.

O Perfex CRM é um completo software online para gestão de clientes, projetos, equipe, faturas, que vem com um funil de vendas já integrado.

Ao contrário do que se encontra atualmente no mercado, a solução é adquirida por meio de uma licença vitalícia e deve ser instalada no servidor de internet que melhor se adequar à agência ou freelancer.

Gostou da solução para escalar a sua prestação de serviço? Agora só falta conhecer a ferramenta para entender se a mesma cabe no processo interno da sua empresa.

Source

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *